domingo, 22 de março de 2015

.

When you run into my arms
We steal a perfect moment
Let the monsters see you smile
Let them see you smiling

Do I hold you too tightly?
When will the hurt kick in?


Vega 4 

sábado, 7 de março de 2015

Notas do passado.

Arrumando os arquivos do pc achei esses rascunhos de 2011.É bom ver como coisas que antes me assombravam, agora servem apenas como lembretes que a vida é grande demais para ficar chorando dentro do buraco que criamos ou que nos colocaram sem pedirmos.


"Sempre difícil colocar no papel o que tenho na alma.
São lembranças, planos, projetos, tristezas, saudades... Tudo agitando meu mundo. Parece que a qualquer hora vai sair tudo correndo daqui de dentro pra ir atrás do quer.
As lembranças querem o passado, os planos desejam o futuro, as tristezas querem sorrir, as saudades tem vontade de abraços. Sinto-me muito ligada a poucas pessoas e está meu ponto principal (não sei se fraco ou forte).
Fraco, por coisas ligadas a elas me abalarem. Fortes, por me colocarem pra cima e não me deixarem cair.
Sobre amizade, me sinto grata por todas as pessoas ao meu redor muitas passaram, mas muitas continuam e isso me deixa feliz.
Sobre família... Aí, a história é complicada. Não é que não os ame, mas não é fácil.
As pessoas que te ensinaram a respeitar não se respeitam.
Chorei muito, tentei entender e no fim das contas sabe o que sobra?O amor.
Achei que sobraria o rancor, o ódio, a tristeza... Mas, não.

As coisas vão acontecer, e eu tenho aprender a lidar.
Sempre tento ver minha vida como um desenho,tento ver aqueles momentos em que não posso nem pensar em desistir.
"Ganha" na vida quem supera.Supera a dor,o medo, a tristeza,a solidão,a maldade, a inveja,a ganância,os traumas,as despedidas.


Quero levar sorrisos,felicidade e quando isso não for possível...que saibam que me tem ao lado pra ajudar a levantar ."

------
Essa é uma sensação que só quem guarda os próprios registros sentem.
Pode ser uma fotografia,um papel de bala,qualquer coisa que te lembre o momento.
Anos depois ,leio isso e sinto orgulho de quem estou me tornando e que as decisões que tomei naquela época não poderiam ter sido diferentes.
E que daqui mais alguns anos ,eu possa ler o que escrevo hoje e ver como escrevi minha história.


segunda-feira, 2 de março de 2015

Para onde vamos crescer

CLIQUE AQUI PARA OUVIR A MÚSICA

Pra Onde A Gente Deve Ir

- Olha o que você fez em mim
Não dá pra acreditar mas aconteceu
A gente tem que se aceitar assim
Vai ser pior dizer que 
"pode ser que as coisas mudem"

- Nem tudo precisava dar certo
Eu nunca apostei no "para sempre"
Era bom te ter por perto
Mas eu lembro que
Em algum momento a gente se soltou

- Olha quanto tempo já passou
Ainda não consigo desviar 
Das lembranças que atropelam meu caminho

- Eu bem que poderia ignorar
Já não me reconheço mais aquela
Mas por algum motivo eu ainda não consigo.

Quem me visita aqui :D