domingo, 6 de setembro de 2015

Deixe o tempo amanhecer

Vai, menina
Veste o peito de coragem
Corra, não perca a viagem
Porque os anos logo vêm
Vai, menina
Nessa vida é só você
Não espere por ninguém
Ninguém espera por você
Ninguém, ninguém

(...)
Foi de longe que eu me vi
Sozinha a correr
Foi do mundo se levantar
E agora eu vou

Ana Larousse

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem me visita aqui :D