quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Depois sorri


(...)
Depois parece que acha graça

E agradece ao destino aquilo tudo
Que a faz tão infeliz



Essa menina, essa mulher, essa senhora
Em que esbarro a toda hora
Num espelho casual
É feita de sombra e tanta luz
De tanta lama e tanta cruz
Que acha tudo natural



Maria Rita -Essa mulher

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem me visita aqui :D