sábado, 20 de fevereiro de 2016

Não sei a autoria

Visitando o fotolog,que por sinal sai do ar em poucas horas encontrei uma postagem com esse texto.
Na época não ligava para autoria e essas coisas,uma pena.Queria  dar crédito para essa autora e dizer que oito anos depois esse texto ainda me emociona.

"Ela acordara cedo. Um certo pensamento insistia em sua mente. Olha-se no espelho , seus cabelos ainda despenteado, seu rosto úmido de lágrimas mal secadas.Fitou-se e pensou: 'não há tempo para infelicidade'. Tomou um banho, pensou em ser melhor, naquele dia tinha que ser.Um novo dia a aguardava... ela tinha sapatos, lindos vestidos, perfumes tudo bem colocado. Se sentia pouco pra o mundo...e sempre dizia baixinho pra si: 'hoje eu vou conseguir'.Naquele dia colocou a mais bela roupa que tivera vesti-se de alegria e saiu pelo mesmo caminho.....pensando:' calma, tudo vai passar...o mundo está ao meu redor.'A menina sempre fora muito pensativa e caminhava a passos longos , não queria ser olhada e nem percebida pois havia dentro dela um sentimento a explodir.Em seus pensamentos a rotina pairava , acorda, banho, café, trabalho..livros ela tinha muitos livros...Ela não conseguia mais sonhar..seus sonhos eram muito grande ao mesmo tempo passageiros não havia tempo de realiza-los..Olhava ao mundo, todos... os dias uma historia , crianças brincando correndo alegremente em um vão e vem de meninices.....Velhinhos cantando , dançando, sorrindo manobrando suas vidas com intensidade de viver e ela na atormenta de seu pensar. Mais um dia se fora...sapatos , vestidos, perfumes tudo no mesmo lugar, ela pensativa em seu quarto pensava em não sair dele nunca..mais via um mundo inteiro a brilhar ao seu redor ela tinha que dá bola pra vida.. Uma oportunidade pra vida e pensara: 'a vida é muito... para ser desperdiçada..'E gritava em seu íntimo: calma, tudo vai passar."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem me visita aqui :D